"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sábado, 30 de dezembro de 2017

Calendário paroquial 2017 – Paróquia de Santo Afonso (Fortaleza – Ceará)

 Os principais eventos da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, em Fortaleza – Ceará, organizados pelos movimentos e pastorais  para o ano de 2017.

















Compartilhe:

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Livro: Rezar com Dom Helder

Pe. Geovane Saraiva lançou seu novo livro,  na Comunidade da Cruz Missionária,
 após a missa do setor 7,  no dia de seu aniversário, 30/10/2015,
Parquelândia - Fortaleza - CE.
A lavra literária do pároco de Santo Afonso, na sua nona  obra.
Nosso novo livro já se encontra na Paróquia Santo Afonso, 
Avenida Jovita Feitosa, 2733 - Cep. 60455-410, 
telefone (85) 32238785 - Parquelândia, Fortaleza - CE.
 Nosso muito obrigado e forte abraço!


Pe. Geovane Saraiva com Dom Helder, na Catedral de Brasília,
 em julho de 1980, aguardando o Papa João Paulo II.


Compartilhe:

sábado, 30 de setembro de 2017

A gramática do povo de Deus

Padre Geovane Saraiva*
Pe. Geovane Saraiva
O mês de setembro chega ao seu final, mas o ensinamento da Bíblia, gramática, ou enciclopédia do povo de Deus, não para, porque, de modo correto, orienta homens e mulheres, nas diversidades de dons, talentos, carismas e funções. É a salvação que nos é oferecida, e não é um merecimento das pessoas, mas entendida como dom e graça de Deus. Experimentamo-la a partir da Palavra de Deus, que é eterna, além de ser viva e eficaz. A Bíblia deixa claro aos cristãos, que querem guardar a Palavra de Deus na mente e no coração, que Deus quer uma única coisa: a dignidade de filhos de Deus.

O grande especialista da Palavra de Deus, São Jerônimo, comemorado aos 30 de setembro, que viveu entre os anos de 342 e 420, numa época bem distante da nossa, quer mostrar a força da Palavra de Deus. Toda a sua vida foi doada ao estudo da Sagrada Escritura, sendo São Jerônimo considerado o maior e melhor exegeta de todos os tempos. A Igreja Católica o reconheceu como homem eleito por Deus para explicar e fazer compreender, do melhor modo, a Palavra de Deus. Daí tê-lo por doutor e especialista do Livro Sagrado, de um modo imbatível e inigualável.

São Jerônimo estudou hebraico e aperfeiçoou seus conhecimentos do grego, para poder compreender melhor a Palavra de Deus nas línguas originais. Em Roma recebeu a missão do Papa Dâmaso para escrever a Bíblia em latim, graças ao conhecimento que tinha do grego e do hebraico. O Papa queria uma tradução mais fiel, em tudo, aos textos originais, traduzida e apresentada em latim, que pudesse servir de texto uniforme na liturgia da Igreja, evitando, de uma vez por todas, desencontros, embaraços e confusões. Que os seguidores de Jesus de Nazaré sejam provocados pela Palavra de Deus, na indispensável tarefa de instaurar o Reino de Deus, que é dom e graça de Deus.

São Jerônimo, servo bom e fiel, iniciou seu trabalho em Roma e continuou por toda a sua vida. É importante salientar que ele passou seus últimos 35 anos de vida em oração e penitência, fazendo de tudo, mas de tudo mesmo, pela difusão da Escritura Sagrada. Guardemos o ensinamento tão bíblico, quanto inclusivo do Papa Francisco, no Ângelus de 24/09/2017: "O Senhor usa misericórdia, perdoa amplamente, é cheio de generosidade e bondade que derrama sobre cada um de nós, abre a todos os territórios ilimitados de seu amor e de sua graça, que somente podem dar ao coração humano". Amém!

*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza - geovanesaraiva@gmail.com
Compartilhe:

Livraria Saraiva: Voz Dos Que Não Têm Voz e Francisco, Um Sinal Para o Mundo


O livro 'Voz Dos Que Não Têm Voz', do Padre Geovane Saraiva, expõe e elucida, à luz do Evangelho inúmeros gestos e atitudes de amor do Papa Francisco em prol da humanidade, colocando-a em um patamar bem elevado, estimulando o encanto de nossa sensibilidade e liberdade de sonhar. Muitos seres humanos se encontram às margens da sociedade, são os últimos dos últimos dentro de nossa sociedade. Ao longo desses dois anos de pontificado, o Romano Pontífice demonstrou com atitudes concretas seu amor e apreço pelos empobrecidos, os quais ocupam últimos lugares. Neste livro, com muita habilidade o Padre Geovane destaca e esclarece à luz do Evangelho inúmeros gestos de amor do Santo Padre em favor da humanidade. Sonhar jamais foi proibido e com este livro, ‘Voz dos que não têm voz’, somos convidados a caminhar na direção do grande sonho de Santo Agostinho, na busca da cidade celestial: 'Dois amores fundaram duas cidades, a saber: O amor próprio, levado ao desprezo a Deus, a terrena e o amor a Deus, levado ao desprezo de si próprio, a celestial'.


Saraiva, Geovane

Francisco Geovane Saraiva Costa


https://www.saraiva.com.br/voz-dos-que-nao-tem-voz-8757567.html?mi=VITRINECHAORDIC_frequentlyboughttogether_product_8757567


Francisco, Um Sinal Para o Mundo (Cód: 8757484)



Inesgotável e rica a abordagem do Padre Geovane a respeito de Jorge Mário Bergoglio, o novo Sumo Pontífice que vem evangelizando com sua palavra transformadora, sacudindo a Igreja que parecia adormecida. Padre Geovane no alvor de sua juventude surge como autêntico blogueiro e pastor das letras. É um escritor de escol, moderno que, sempre atento à sua missão de divulgar a boa nova, traz a lume seu sétimo livro, desta vez enfocando esse fato histórico em que o novo representante de Cristo na terra vem dia a dia impressionando os adeptos dos mais diversos credos com sua linguagem de amor, compreensão, harmonia entre os povos de boa vontade. O título escolhido é muito susgestivo: Francisco, um Sinal para o Mundo. De modo geral, quem ama e se esforça para viver o Evangelho, está feliz e encantada com o testemunho do Papa Francisco. Rezamos para que Deus o mantenha assim neste caminho de esperança renascido no mundo, de renovação e transformação.

Saraiva, Geovane

Francisco Geovane Saraiva Costa

https://www.saraiva.com.br/francisco-um-sinal-para-o-mundo-8757484.html

Dom Helder - Sonhos e Utopias (Cód: 8814709)

Com o belo livro, 'Dom Helder - Sonhos e utopias”, sobre o artífice da paz, o homem dos grandes sonhos e utopias, outro cavaleiro andante, o leitor vai perceber em Dom Helder Câmara a mina de ouro que precisa ser sempre e cada vez mais explorada, como um dom maravilhoso de Deus. Vida de uma beleza, que podemos dizer, inigualável, nos seus gestos raríssimos em favor da vida, mas a vida repleta de encantos! Ao assumir a Arquidiocese de Olinda e Recife em abril de 1964, disse: “Quem estiver sofrendo, no corpo ou na alma; quem, pobre ou rico, estiver desesperado, terá lugar no coração do bispo”. Dos pensamentos do Pastor dos empobrecidos: “Das barreiras a romper, a que mais custa, e a que mais importa é, sem dúvida, a barreira da mediocridade'; 'Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como a minha sombra'. Palavras do teólogo José Comblin: “Sou daqueles que tem a convicção de que os escritos de Dom Helder ainda serão fonte de inspiração na América Latina, daqui a mil anos”.

Saraiva, Geovane

Francisco Geovane Saraiva Costa



Compartilhe:

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Pe. Geovane Saraiva na Revista digital mais completa do Brasil

http://domtotal.com/noticia/1176309/2017/08/tesouro-maior/








Compartilhe:

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Alemanha: o fantasma da extrema-direita ressurge

25 de setembro de 2017Escreva um comentário! Nossa Política

O fantasma da extrema-direita ressurge na Alemanha
O AfD (Alternativa para a Alemanha), partido da ultradireita alemã, chegou ao parlamento pela primeira vez depois da Segunda Guerra Mundial.


Enquanto Angel Merkel se elegeu para o 4º mandato consecutivo como chanceler federal da Alemanha, o partido de ultradireita chamado AfD (Alternativa para a Alemanha) chegou ao parlamento; é a primeira vez desde o final da Segunda Guerra Mundial que isso acontece.

O partido que tem Alice Weidel como representante se tornou o terceiro maior partido do país. A AfD foi criada em ambiente elitista: acadêmicos, empresários, políticos dissidentes da democracia-cristã, com escassos denominadores comuns, entre eles o de recusarem qualquer programa de resgate a países como a Grécia e Portugal.

http://nossapolitica.net/2017/09/extrema-direita-ressurge-alemanha/
Compartilhe:

O melhor negócio da sua vida é salvar a sua alma

  Claudio de Castro | Set 25, 2017
Nós nos apegamos tanto às coisas materiais, ao que é passageiro, que nos 
esquecemos de alimentar nossa alma, que é eterna

Lourdes, 18 de fevereiro de 1858. A Santíssima Virgem Maria aparece a uma jovem de 14 anos. É uma menina pobre e simples. A Virgem, entre outras coisas, lhe diz:

 “Eu te prometo que serás muito feliz, não neste mundo, mas no outro”.

Mas o que significam essas palavras tão fortes. Eu costumo pensar nelas com frequência.

Como você sabe, eu adoro ler livros sobre as vidas dos santos. Também gosto muito dos seus escritos, porque me ensinam o caminho que eles percorreram para a santidade, seus temores, inquietudes e o tipo de vida que levaram.

Todos, sem exceção, tiveram que passar por grandes e dolorosas provas. Desde a incompreensão, as chacotas e até as dores físicas. No entanto, nunca perderam a humildade nem a alegria de espírito. É algo que sempre me chamou a atenção.

A confiança plena e absoluta que eles tinham em Deus também me intriga. Eles se entregaram ao Pai, aceitando sua vontade a todo instante.

Temos os melhores exemplos nas figuras dos grandes santos, como o Padre Pio e São Francisco de Assis.

O que os motivava? Como conseguiam conservar a alegria? Por que perseveraram na fé?

Sabemos que eles eram pessoas de oração. Passavam longas jornadas rezando, na presença de Deus. Mas havia algo mais. O quê?

Hoje à tarde, fui à Missa na Igreja de Lourdes, no Panamá. Estava pensando nestas coisas, refletindo, tentando compreender. Você sabe o quanto sou teimoso e que geralmente entendo pouco das coisas. Já ia começar a Eucaristia e logo percebi que eu tinha a solução para a minha inquietude. Tudo estava tão claro, e eu não via. Encontrei a resposta nas palavras da Virgem, dirigidas à Santa Bernardete:

“Eu te prometo que serás muito feliz, não neste mundo, mas no outro”.

Aí, eu pensei:

 “Nossa pátria é o céu. A vida atual é uma viagem longa e cansativa. Mas o Paraíso nos espera”.

Nós nos apegamos tanto às coisas materiais, ao que é passageiro, que nos esquecemos de alimentar nossa alma, que é eterna.

E, justamente na Missa, esse tema foi debatido. Como passamos nossa vida sofrendo por ter mais, buscando uma riqueza que, no final, não poderemos levar conosco!

Voltando aos santos: o que dava esperança e alegria a eles? Eles não se apegaram a coisas materiais, mas, sim, às espirituais. Eles queriam, a todo instante, cumprir a santa vontade de Deus. E, sobretudo….

…Tinham os olhares voltados para o céu.

Quando desanimavam por causa das grandes provas que deveriam passar, pensavam no amor infinito de Deus para recuperar o bom ânimo. Pensavam também nas maravilhas que poderiam encontrar no Paraíso, vivendo eternamente na doce presença do Pai.

Pense: “tudo neste mundo é passageiro”. Tudo passará. Você pode fazer grandes negócios, mas, no fim, você não leva nada, com exceção de suas boas obras.

Não me lembro onde li estas sábias palavras: “o melhor negócio de sua vida é salvar a sua alma e ganhar almas para Cristo”. Elas são muito certas. E me levam a refletir sobre o que estou fazendo com a minha vida. Também me fazem recordar aquela linda canção que cantávamos para as crianças:

“Nós estamos aqui neste mundo,

Este mundo que teu amor nos deu;

Mas a meta não está nesta terra:

É um céu que está além.

SOMOS OS PEREGRINOS,

QUE VAMOS ATÉ O CÉU,

A FÉ NOS ILUMINA:

NOSSO DESTINO NÃO ESTÁ AQUI.

A META ESTÁ NO ETERNO,

NOSSA PÁTRIA É O CÉU.”

Compartilhe:

Meus filhos esquecerão, mas eu não esquecerei

  Facebook - profiles | Set 24, 2017
Shutterstock

Uma linda reflexão sobre o que os filhos esquecem mas uma mãe nunca esquece

“O tempo, pouco a pouco, me liberará da extenuante fadiga de ter filhos pequenos, das noites sem dormir e dos dias sem repouso. Das mãos gordinhas que não param de me agarrar, que me escalam pelas costas, que me pegam, que me buscam sem cuidados, nem vacilos. Do peso que enche meus braços e curva minhas costas. Das vezes que me chamam e não permitem atrasos nem esperas.

O tempo me devolverá a folga aos domingos e as chamadas sem interrupções, o privilégio e o medo da solidão. Acelerará, talvez, o peso da responsabilidade que às vezes me aperta o diafragma. O tempo, certamente e inexoravelmente esfriará outra vez a minha cama, que agora está aquecida de corpos pequenos e respirações rápidas. Esvaziará os olhos de meus filhos, que agora transbordam de um amor poderoso e incontrolável. Tirará de seus lábios meu nome gritado e cantado, chorado e pronunciado cem mil vezes ao dia.

–– ADVERTISEMENT ––


Cancelará, pouco a pouco, ou de repente, a confiança absoluta que nos faz um corpo único, com o mesmo cheiro, acostumados a mesclar nossos estados de ânimo, o espaço, o ar que respiramos.

Como um rio que escava seu leito, o tempo perigará a confiança que seus olhos têm em mim, como ser onipotente, capaz de parar o vento e acalmar o mar, consertar o inconsertável e curar o incurável. Deixarão de me pedir ajuda, porque já não acreditarão mais que em algum caso eu possa salvá-los. Pararão de me imitar, porque não desejarão parecer-se muito a mim. Deixarão de preferir minha companhia em comparação com os demais (e vejo, isto tem que acontecer!).

Se esfumaçarão as paixões, as birras e os ciúmes, o amor e o medo. Se apagarão os ecos das risadas e das canções, as sonecas e os “era uma vez”… Com o passar do tempo, meus filhos descobrirão que tenho muitos defeitos e se eu tiver sorte, me perdoarão por alguns deles.

Eles esquecerão, mas ainda assim eu não esquecerei. As cosquinhas e os “corre-corre”, os beijos nos olhos e os choros que de repente param com um abraço, as viagens e as brincadeiras, as caminhadas e a febre alta, as festas, as papinhas, as carícias enquanto adormecíamos lentamente.

Meus filhos esquecerão que os amamentei, que os balancei durante horas, que os levei nos braços e às vezes pelas mãos. Que dei de comer e consolei, que os levantei depois de cem caídas. Esquecerão que dormiram sobre meu peito de dia e de noite, que houve um dia que me necessitaram tanto, como o ar que respiram.

Esquecerão, porque é assim mesmo, porque isto é o que o tempo escolhe. E eu, eu terei que aprender a lembrar de tudo para eles, com ternura e sem arrependimentos, incondicionalmente. E que o tempo, astuto e indiferente, seja amável com estes pais que não querem esquecer.”

Via blog Just Real Moms

(Silvana Santo – Una Mamma Green)

Compartilhe:

Pendular

Título original: Pendular
Em um galpão abandonado, um casal de artistas contemporâneos observa a arte, a performance e sua intimidade se misturarem. A partir de sequentes contradições, eles vão aos poucos perdendo sua capacidade de distinguir o que faz parte dos seus projetos artísticos e o que nada mais é que a relação amorosa, criando até mesmo um conflito com seu passado.
País: Brasil
Ano: 2017
Gênero: Drama
Classificação: 14
Direção: Júlia Murat
Elenco: Raquel Karro, Rodrigo Bolzan, Neto Machado
Duração: 1h48 min.
Compartilhe:

Ministro Dias Toffoli se encontra com Heráclito em restaurante de SP

Resultado de imagem para dias toffoli e boca mole
O ministro Dias Toffoli é visto saindo do restaurante Santo Colomba,
no jardins Foto GABRIELA BILO / ESTADÃO 

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, encontrou ontem com o deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) e o Secretário da Casa Civil do governo Alckmin, Samuel Moreira, no restaurante Santo Colomba, em São Paulo. Fortes, o “Boca Mole” da lista da Odebrecht, diz que foi coincidência e que só falaram de “amenidades”. Segundo o deputado, os dois já estavam na sobremesa quando o ministro entrou sozinho no restaurante e aceitou o convite para se juntar a eles. A Coluna procurou o ministro, mas ele não ligou de volta.

Heráclito é um dos nomes da “lista do Fachin”, que inclui 98 alvos de inquéritos autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht. O deputado foi citado pelos ex-executivos da empreiteira Cláudio Melo Filho e José de Carvalho Filho que disseram ter repassado para a campanha dele ao Senado, em 2010, R$ 200 mil de caixa dois. Sobre o assunto, o deputado já disse que as menções ao seu nome não envolvem pagamento de propina e negou ter recebido caixa dois.

http://politica.estadao.com.br/blogs/coluna-do-estadao/click-ministro-dias-toffoli-se-encontra-com-heraclito-em-restaurante-de-sp/
Compartilhe:

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com