"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sábado, 16 de abril de 2016

Francisco: o futuro do mundo


Estamos entregando ao povo de Deus, neste Natal de 2015 e início de 2016, o livro Francisco: o Futuro do Mundo. Nosso objetivo é o de colocar, de um modo renovado e agradecido, na mente e no coração dos amigos leitores, Jorge Mario Bergoglio, eleito papa no dia 13 de março de 2013, escolhendo o nome de Francisco. No dia seguinte, manifestamos em artigo: “Com a chegada do novo Vigário de Cristo na Terra, que o planeta possa ser alegremente contemplado, no sentido de que os cristãos sejam estimulados e fomentados a um grande compromisso de dialogar e cuidar da criação, nas suas mais diversas realidades. O mundo precisa carinhosamente de práticas ecológicas e ambientais, para que a fé da humanidade possa se tornar cada vez mais viva e coerente com aquilo que se acredita”.

A melhor e maior graça do Espírito Santo de Deus para o nosso tempo conturbado, distante do sonho de Deus-Pai, foi a chegada do Papa Francisco, homem de Deus, descomunal e atemporal, totalmente despojado e com o coração plenamente aberto aos clamores da humanidade. Homem de Deus e místico, certo na hora certa, ele o é. Em um ardente desejo de colocar o futuro do mundo no bom caminho, deu-nos de presente a Encíclica Luadato Si’ (18/06/2015), no mesmo caminho perseguido pelo Salvador da humanidade, a partir da oração encarnada, na fidelidade a Jesus de Nazaré e seu Evangelho.

Associados ao nosso bom Deus, no desejo do Santo Padre de ver novas todas coisas, podemos repetir: Louvado sejas, meu Senhor, cantava São Francisco de Assis. Neste gracioso cântico, recordava-nos que a nossa casa comum se pode comparar ora a uma irmã, com quem partilhamos a existência, ora a uma boa mãe, que nos acolhe nos seus braços: “Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra, que nos sustenta e governa e produz variados frutos com flores coloridas e verduras”. Ó Deus dos pobres, ajudai-nos a resgatar os abandonados e esquecidos desta terra que valem tanto aos vossos olhos. Curai a nossa vida, para que protejamos o mundo e não o depredemos, para que semeemos beleza e não poluição nem destruição (Laudato Si', 1 e 246).
O autor

Prefácio:
Thiago Rodrigues Ibiapina*
Padre Geovane possui uma vida doada a Deus e aos irmãos em seu ministério sacerdotal. Seu pastoreio é cativante e sempre desperta nos que estão mais próximos o desejo de seguir seu exemplo. Possui uma mente que não para e incessantemente busca estar sempre atualizado com as informações do cotidiano do mundo e da Igreja que tanto ama. É notória a espiritualidade inspirada em grandes mestres como Charles de Foucauld, se entregando ao próximo e dando-se em oblação a Deus sem reservas. É pároco da Paróquia de Santo Afonso em Fortaleza, no Ceará e conhecido nacionalmente pelos seus livros, trazendo assim mais uma fonte de leitura e pesquisa àqueles que amam a Deus e sua Igreja. O autor é um exímio escritor e em meio as suas obras sempre procura expressar a simplicidade que traz no coração buscando ser um sacerdote humilde e que vive a vontade de Deus, sem buscar glória alguma.

Uma das características fortes em Padre Geovane Saraiva é sua anulação de vida na vida de seus paroquianos, de suas ovelhas. Em meio a tantas publicações e títulos ele sempre se coloca no “nós” e nunca no “eu”. Sempre que publica algo em sites, revistas eletrônicas, blogs ou até mesmo no site da paróquia, Padre Geovane sempre fala que “um artigo nosso” foi publicado, um livro “nosso”. De fato, ele perde-se em seus filhos e não existe fama pessoal, mas um brilho que não vem dele e sim do Senhor que se reflete no povo de Deus ávido de amor e também conhecimento. Que o nosso querido autor prossiga, tendo como proposta de exemplo e referencial, o grande São Carlos Borromeu (1538-1584), na sua caridade e zelo pastoral, bem como seu princípio pedagógico: “Ver tudo, tolerar muito e corrigir pouco” (omnia videre, multa tollerare, pauca corrigere).

Membro da Academia de Letras dos Municípios do Ceará (ALMECE) e da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza (AMLEF). É um pesquisador nato e publicou livros sobre Dom Helder, Dom Aluísio Cardeal Lorscheider. Dentre outras publicações Padre Geovane escreveu anteriormente a esta obra, dois livros sobre o Papa Francisco, “Francisco um sinal para o mundo” e outro com o título forte e intensivo, “Voz dos que não têm voz”, mostrando assim a personalidade assaz e autêntica de Padre Geovane Saraiva. Chega agora às nossas mãos mais uma obra que traz como centro o ministério do Santo Padre, o Papa Francisco, “Francisco: o futuro do mundo”.

Porque pensar em um “futuro do mundo”? Sem dúvida, falar em futuro é algo meio incerto em nossos dias. Diante de tamanha desvalorização do ser humano, das criaturas e de toda a natureza o que dizer acerca de um futuro? O Papa Francisco nos apresenta um caminho para a resolução destes questionamentos: reconhecer que as criaturas são presentes de Deus e que devem ser preservadas, que foi dada ao homem esta missão de cuidado, isto é, a nós. O autor é sensível ao que o Papa pede a todos os cristãos e desenvolve nesta obra o pensamento de Francisco de uma maneira simples e acessível a todos.  O Papa fala em “louvor das criaturas”, uma preservação ambiental, cuidado com a nossa casa, com o planeta em que vivemos e que foi dado por Deus.

Padre Geovane publicou um artigo logo após a eleição do Santo Padre em Roma, já indicando em seu escrito que o Papa abordaria o tema da preservação ambiental: “Com a chegada do novo Vigário de Cristo na Terra, que o Planeta possa alegremente contemplado, no sentido de que os cristãos sejam estimulados a um grande compromisso de dialogar e cuidar da criação, nas suas diversas realidades. O mundo precisa carinhosamente de práticas ecológicas e ambientais, para que a fé da humanidade possa se tornar cada vez mais viva com aquilo que se acredita”. Com essa citação do autor percebemos a fortíssima intuição e sensibilidade às coisas de Deus, ao que é divino. Tudo vem do Espírito que ilumina e conduz a vida do autor para um caminho profundo de intimidade com Deus e amor a Igreja.

A presente obra possui um caráter único de auxílio àqueles que desejam conhecer o Papa Francisco e a Igreja. O próprio Sumo Pontífice agradeceu ao autor por meio de duas cartas pelo envio dos livros “Francisco, um sinal para o mundo” e “Voz dos que não têm voz”, presenteando Padre Geovane com uma especial bênção apostólica e uma bela foto. Este belo escrito traz uma intenção viva de formar o povo de Deus, desejo que sempre palpita no coração de padre Geovane. Nosso autor busca em seus livros seguir os ensinamentos da filósofa e também santa Edith Stein que traz em seu fundamento educacional: “Toda obra educativa deve ser sustentada pelo amor. O meio mais eficaz, pois, não é a instrução, mas o exemplo vivo; sem este, todas as palavras serão inúteis”.  Deleitemo-nos, pois, na leitura e na apreciação literária de mais uma belíssima obra de Padre Geovane Saraiva e aprendamos com ele e com as palavras do Sucessor de Pedro a sermos cada vez mais humildes e nos colocarmos no lugar de criaturas e de filhos de Deus. Só há um Senhor, ele nos presenteou com o mundo e o futuro deste mundo está nas mãos de cada criatura humana que se dispõe a viver segundo o desígnio de Deus, o Criador do Céu e da Terra.

*É seminarista da Arquidiocese de Fortaleza, bacharel em filosofia pela Faculdade Católica de Fortaleza - CE.


Silvia Costa Parabéns Thiago, vocè fez uma síntese dos valores do PeGeovane Saraiva, escritor e acima de tudo sacerdote de Cristo.
Compartilhe:

Um comentário:

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com