"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sábado, 20 de janeiro de 2018

Fotos: Capistrano a Canindé

Fotos: Padre Geovane Saraiva (16/01'2018)
Viagem: Canindé a Capistrano (Mazagão), passando por Aratuba (CE 065 - Serra do Baturité). Fotos nas ladeiras de Canindé a Aratuba e de Aratuba a Capistrano (Pai João), com os amigos Jardel Silveira e Francisco de Assis Silveira. Pelos lugares belíssimos, Deus seja louvado! 
A imagem pode conter: nuvem, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: nuvem, céu, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: nuvem, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: nuvem, céu, montanha, estrada, árvore, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: nuvem, céu, casa, árvore e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: nuvem, céu, montanha, árvore, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: montanha, céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: nuvem, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: nuvem, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, céu, nuvem e atividades ao ar livre

Compartilhe:

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Pe. Geovane Saraiva na Revista digital mais completa do Brasil

http://domtotal.com/noticia/1136331/2017/03/espirito-de-sabedoria/
http://domtotal.com/noticia/1058840/2016/08/a-vida-e-vocacao/









Compartilhe:

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

A voz de Deus

Padre Geovane Saraiva*
O absoluto de Deus é mistério e comunhão indizíveis, a partir de uma fé firme e segura. Como parte da família dos filhos de Deus, totalmente aberta e voltada ao mistério a nos envolver, lembro-me das palavras de Dom Helder: “Quando as palavras somem, quando os cuidados adormecem, quando nos entregamos, de verdade, nas mãos do Senhor, o grande silêncio nos mergulha na paz, na confiança, na alegria... E a voz de Deus se faz ouvir”. É a voz de Deus que nos leva a acreditar na Sua palavra, sempre criadora e vivificadora, caso a acolhamos com humildade, na certeza de contarmos com sua misteriosa presença.

Sua voz clama aos cristãos de hoje, dentro da comunidade dos batizados, assim como clamou e penetrou no coração do mundo no decorrer dos séculos em toda a sua plenitude. Voz de Deus muitas vezes no silêncio da noite, exemplo concreto de Deus falando a Samuel, numa profunda paz e sossego (cf. 1Sm 3, 3-10). Só mesmo a partir de um espírito aberto, tranquilo e calmo é possível ouvir, perceber e acolher a voz inspiradora de Deus. Jesus, na sua missão, andando de lugar em lugar, tinha palavras a desconcertar a muitos, porque chegava ao fundo do coração, tocando, lá no interior, a vida das pessoas, sensibilizando-as.

Nosso Deus é solidário e próximo de seu povo; é um Deus comunhão que quer de verdade entrar na vida daqueles que abraçam a fé, buscam respeito, acolhida e compreensão solidária. É claro que Deus não nos fala como falou a Samuel, chamando-o diversas vezes pelo nome. Fala-nos de diversos e variados modos e circunstâncias, manifestando sua santa vontade. Em muitas ocasiões é preciso contar com o socorro de pessoas generosas, no discernimento à vontade de Deus. Veja o exemplo do pequeno Samuel, dirigindo-se a Eli, como nos ensina o Livro Sagrado.

Nossas celebrações litúrgicas devem estar de acordo com o ensinamento da Mãe Igreja, longe de ser um espetáculo espiritual. Ao contrário, que ela conduza a um sincero e profundo envolvimento, levando as pessoas a mergulharem no sagrado, no próprio Deus. Convencidos de que a eucaristia alimenta nosso chamado e nossa missão, tornando mais claro e evidente os nossos passos, chamados a dar uma resposta ao infinito amor de Deus para conosco. Amém!

*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza - geovanesaraiva@gmail.com

Compartilhe:

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Papa Francisco se encontrou no Chile com o bispo mais idoso do mundo


Dom Bernardino Piñera. Foto CECh / Papa Francisco. Foto: L'Osservatore Romano

SANTIAGO, 17 Jan. 18 / 01:00 pm (ACI).- No encontro que teve na terça-feira, 16 de janeiro, em Santiago (Chile) com todos os bispos do país, o Papa Francisco dedicou umas palavras ao bispo mais idoso do mundo, que tem 102 anos e que vive no país sul-americano.

“Em primeiro lugar, quero saudar Dom Bernardino Piñera Carvallo, que este ano fará 60 anos de bispo”, expressou o Papa ao iniciar seu discurso.

Dom Piñera, disse o Pontífice, “é o bispo mais idoso do mundo, tanto na idade como nos anos de episcopado e viveu quatro sessões do Concílio Vaticano II. Maravilhosa memória vivente”.

Em declarações ao grupo ACI, o Bispo afirmou que o Papa Francisco tem uma “personalidade que simpatiza muito com as pessoas. Admiro-o muito. Suas encíclicas são maravilhosas e noto nele um ânimo apostólico único. Acredito que é um grande Papa”.

Dom Piñera Carvallo nasceu em Paris, em 22 de setembro de 1915, e estudou medicina na Pontifícia Universidade Católica do Chile. Deixou a medicina em 1941 e foi ordenado sacerdote aos 31 anos, em 5 de abril de 1947.

Foi assessor geral da Ação Católica e assessor nacional da Associação Nacional da Juventude Católica Feminina. Entre 1948 e 1958, foi capelão do Lar da Doméstica; e, de 1950 a 1953, foi Vice-reitor da Pontifica Universidade Católica do Chile.

O Papa Pio XII o nomeou Bispo Auxiliar de Talca em 11 de fevereiro de 1958 e, em 10 de dezembro de 1960, foi designado Bispo de Temuco.

Dom Piñera participou do Concílio Vaticano II realizado entre 1962 e 1965.

Em 28 de dezembro de 1977, apresentou sua renúncia ao Beato Paulo VI para dedicar-se por completo às suas funções como Secretário Geral do Episcopado. Em 1983, São João Paulo II o nomeou Arcebispo de La Serena.

Naquele mesmo ano também assumiu o cargo de presidente do Episcopado, no qual permaneceu até 1988.

Em 1990, retirou-se da Arquidiocese de La Serena ao chegar à idade limite de 75 anos. Ele é tio do presidente eleito do Chile, Sebastián Piñera.
Compartilhe:

Oração para uma boa viagem

  Redação da Aleteia | Jan 17, 2018
Halfpoint - Shutterstock

Use sem moderação  😉
Senhor meu Deus,
envia o teu anjo à minha frente,
preparando o caminho desta viagem.

Protege-me durante todo o percurso,
livrando-me de acidentes
ou qualquer outro perigo
que ronde o meu trajeto.

Guia-me, Senhor, com tua mão.

Que esta viagem seja
tranquila e agradável,
sem contratempos ou contrariedades.

Que eu retorne satisfeito
e em plena segurança.

Graças te dou,
pois sei que durante todo o tempo
estarás comigo.

Amém!
Compartilhe:

A música que o U2 dedicou a um amigo de João Paulo II

Redação da Aleteia / Angeles Conde Mir
HUBERT BOESL / DPA
E que mudou para sempre a história do grupo irlandês.

Dois dos nomes essenciais para a queda do comunismo são, sem dúvidas, São João Paulo II e Lech Walesa, que mantiveram uma profunda amizade por causa deste objetivo comum. Walesa, que recebeu o Prêmio Nobel da Paz e foi presidente da Polônia, chegou a confessar: “Eu não saberia conceber a minha existência nem a [do partido] Solidariedade sem a figura de um magnífico polonês e grande homem: João Paulo II”.

A constante denúncia do papa Wojtula e o ativismo do sindicato Solidariedade, que Lech Walesa ajudou a fundar em 1980, foram decisivos para a desintegração do bloco soviético. Desde sua fundação, o primeiro sindicato livre do Leste não deixou de acumular afiliados, além de receber o apoio da Comunidade Internacional e da Igreja Católica.

Evidentemente, a luta não estava isenta de dissabores. Sentindo-se ameaçado, em 13 de dezembro de 1981, o presidente polonês, Wojciech Jaruzelski, decretou a lei marcial que encarcerava a maioria dos dirigentes do partido Solidariedade. Lech Walesa permaneceu na prisão durante 11 meses.

Foi quando Bono, o líder da banda irlandesa U2, escreveu uma das canções emblemáticas do grupo: New Year´s Day. Longe de fazer alusão às festividades de ano novo, a letra denuncia o clima de tensão que se vivia na Europa dividia em dois blocos. Além disso, é uma declaração de amor.

Bono escreveu a música, imaginando que Lech Walesa, preso, diria a sua esposa Danuta Gołoś: “I will be with you again” [Eu estarei com de novo]. A canção foi lançada no dia 1.º de janeiro de 1983.

Trata-se de uma música que fala do amor em meio à incerteza política dos anos 80. Um tempo em que, no entanto, a população mantinha a esperança por mudanças.

New Year´s Day, do álbum War foi o primeiro sucesso internacional do U2 e mudou para sempre a história do grupo. A revista Rolling Stones a incluiu na lista das quinhentas melhores músicas de todos os tempos.


https://pt.aleteia.org/2018/01/17/a-musica-que-o-u2-dedicou-a-um-amigo-de-joao-paulo-ii/
Compartilhe:

Papa a bispos: Se o pastor anda disperso as ovelhas ficarão a mercê dos lobos


Papa Francisco com os bispos durante o encontro na Catedral de Santiago / Crédito: Vatican Media - ACI Prensa

SANTIAGO, 17 Jan. 18 / 10:30 am (ACI).- Na saudação que dirigiu ontem à tarde aos bispos do Chile, o Papa Francisco disse aos prelados que se o pastor anda disperso, as ovelhas ficarão a mercê de qualquer lobo.

Antes de pronunciar suas palavras na Catedral de Santiago, o presidente da Conferência Episcopal do Chile e Bispo Militar do país, Dom Santiago Silva, dirigiu algumas palavras ao Pontífice, assinalando que “o percurso da Igreja no Chile não foi fácil".

“Há dificuldades internas e desafios próprios de uma sociedade em evolução, que anseia ser globalizada e pluralista, nos propõem desafios que nunca foram enfrentados”.

Dom Silva sublinhou que, “como membros deste ‘lar’ chamado Chile, como discípulos de Jesus e como seus pastores, nosso compromisso constante é contribuir na formação de um país mais justo, fraterno, livre e que respeita cada pessoa”.

O Prelado também anunciou a realização de um Congresso ou Ano Eucarístico Nacional que será celebrado em cada Igreja particular de março a novembro deste ano.

Ao concluir suas palavras, o Prelado deu de presente ao Pontífice uma cruz, em nome dos bispos do Chile.

Por sua parte, o Santo Padre afirmou: “Se o pastor se dispersa, também as ovelhas se dispersarão e ficarão à mercê de qualquer lobo”.

Nas suas palavras, o Papa exortou os prelados a estarem próximos dos consagrados e do clero:

“Irmãos, a paternidade do bispo com os seus sacerdotes, com o seu presbitério! Uma paternidade que não é paternalismo nem abuso de autoridade. Eis um dom que deveis pedir: estar perto dos vossos padres, com o estilo de São José. Uma paternidade que ajuda a crescer e a desenvolver os carismas que o Espírito quis derramar nos vossos respetivos presbitérios”.

O Pontífice disse que “um dos problemas, que enfrentam atualmente as nossas sociedades, é o sentimento de orfandade, ou seja, sentir que não pertencem a ninguém. Este sentir ‘pós-moderno’ pode penetrar em nós e no nosso clero; então começamos a pensar que não pertencemos a ninguém, esquecemo-nos que somos parte do santo povo fiel de Deus e que a Igreja não é, e nunca será, uma elite de pessoas consagradas, sacerdotes ou bispos”.

Em seguida, Francisco refletiu sobre o clericalismo, “uma caricatura da vocação recebida. A falta de consciência do fato que a missão é de toda a Igreja, e não do padre ou do bispo, limita o horizonte e, o que é pior, coarta todas as iniciativas que o Espírito pode suscitar no meio de nós”.

“Digamos claramente: os leigos não são os nossos servos, nem os nossos empregados. Não precisam repetir, como ‘papagaios’, o que dizemos”, assegurou e pediu vigiar “contra esta tentação, especialmente nos Seminários e em todo o processo formativo”.

O Papa Francisco também saudou Dom Bernardino Piñera Carvallo, que neste ano completou 60 anos de bispo e é o prelado mais idoso do mundo, tem 102 anos, viveu quatro sessões do Concílio Vaticano II. “Bonita memória viva”, comentou.
Compartilhe:

Outra igreja queimada horas antes da chegada do Papa Francisco ao sul do Chile



SANTIAGO, 17 Jan. 18 / 08:38 am (ACI).- Poucas horas antes da chegada do Papa Francisco a Temuco, no sul do Chile, outro templo católico foi alvo de um ataque incendiário que o destruiu completamente.


Este seria o sétimo ataque a templos católicos em protesto pela visita do Pontífice nos últimos dias.

Incendio afecta a capilla católica ubicada en sector Huitag (Pata de Gallo) entre #Panguipulli y #LicanRay. Bomberos trabaja en la extinción del fuego. No se descarta acción de terceros. @Cooperativa

04:15 - 17 de jan de 2018
 1 1 Resposta   2 2 Retweets   1 1 favorito
Informações e privacidade no Twitter Ads
O fato ocorreu na madrugada de quarta-feira, 17 de janeiro, e trata-se de uma capela do setor de Huitag, na Região de Los Ríos, no limite das comunas de Panguipulli e Lican Ray.

Esta região faz limite ao norte, com a Região de La Araucanía, lugar onde o Santo Padre celebrará uma Missa multitudinária “pelo progresso dos povos”, no aeródromo Maquehue.

Os bombeiros chegaram ao local e conseguiram controlar as chamas, evitando que se alastrassem.

Informou-se que as autoridades realizaram as perícias para esclarecer se houve ou não a participação de terceiros.

Em declarações à imprensa em Temuco, Javier Peralta, diretor executivo da Comissão Visita do Papa Francisco ao Chile, disse que esses “são fatos lamentáveis e reafirmam o lema da visita ‘Minha Paz lhes dou’, que foi muito coerente com a mensagem do Papa em sua homilia do Parque O’Higgins”.

“Estes fatos isolados contrastam com os centenas de milhares de peregrinos que buscam a paz”, acrescentou.

Dois helicópteros queimados

Neste mesmo dia, dois helicópteros ficaram danificados por causa de um incêndio na base florestal La Colcha, na comuna de Curanilahue, Região do Biobío, no sul do país.

Compartilhe:

Papa Francisco não homenageou promotora do aborto holandesa, esclarece a Santa Sé

Lilianne Ploumen. Foto: Wikimedia/Domínio Público.

ROMA, 17 Jan. 18 / 11:00 am (ACI).- Tem causado polêmica um vídeo em que a ativista pró-aborto e pró-LGBT Lilianne Ploumen aparece sustentando uma medalha da Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno afirmando tê-la recebido do Papa e que o gesto confirmaria seu trabalho a favor do aborto e do feminismo. A Sala de imprensa da Santa Sé esclareceu o fato esta segunda-feira,15, negando as afirmações de Ploumen.

Em resposta aos jornalistas, Paloma García Ovejero, porta-voz da Sala de Imprensa da Santa Sé, disse que a honra concedida a Lilianne Ploumen - como Comandante na Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno - fazia parte da habitual troca de homenagens entre delegações depois dela ter participado de uma visita de estado oficial ao Vaticano no ano passado junto ao rei holandês Willem-Alexander e da Rainha Maxima. À época, Ploumen era Ministra do Comércio exterior e da Cooperação para o Desenvolvimento do governo holandês e foi recebida pelo Papa Francisco.

Em resposta a uma pergunta sobre se o Vaticano poderia confirmar a homenagem e, em caso afirmativo, por que Ploumen a recebeu, Paloma García esclareceu:

"A homenagem da Pontifícia Ordem de São Gregório Magno recebida pela Sra. Lilianne Ploumen, ex-Ministra do Desenvolvimento, em junho de 2017, durante a visita dos Reis holandeses ao Santo Padre, responde à prática diplomática do intercâmbio de homenagens entre delegações por ocasião de visitas oficiais de Chefes de Estado ou de Governo no Vaticano”.

“Portanto, não é de maneira alguma um placet [uma expressão de assentimento] à política a favor do aborto e do controle de natalidade que a Sra. Ploumen promove ".

A própria LIlianne Ploumen afirmou ao site católico Catholic Herald que ela havia sido premiada “por ter participado da delegação como ministra de comércio exterior e cooperação para o desenvolvimento da Holanda”. Por outra parte, o jornal holandês Nederlands Dagbla também esclareceu que Ploumen era uma dos dez membros da delegação que receberam a honra e que a distinção era "puramente uma questão de protocolo".

Ploumen, fundadora da ONG abortista “She Decides” (em inglês, Ela decide) e criadora de um fundo multimilionário para “abortos seguros”, foi perguntada pelo entrevistador no mencionado vídeo se a medalha era outorgada pela sua promoção do aborto, e responde: “Bom, não é isso que diz”.

Vale recordar ainda que Ploumen foi recebida pelo Pontífice em 2015 para falar sobre mudanças climáticas e não para tratar temas de vida e família. 
Compartilhe:

Milhares de peregrinos esperam papa Francisco em terras mapuche

domtotal.com
Os peregrinos aguardavam por horas a missa que oficiará o papa Francisco, o segundo pontífice que visita esta cidade depois de João Paulo II em 1987.
Francisco pronuncia um discurso ante os bispos reunidos em 16 de janeiro de 2018 na catedral Metropolitana de Santiago do Chile.
Francisco pronuncia um discurso ante os bispos reunidos em 16 de janeiro de 2018 na catedral Metropolitana de Santiago do Chile. (POOL/ AFP)

Imagem relacionadaMilhares de peregrinos se aglomeravam nesta quarta-feira (17) no aeródromo de Maquehue, na cidade chilena de Temuco, para ouvir as palavras do papa Francisco na expectativa de que elas levem paz a uma zona marcada pelas demandas de terras dos indígenas mapuche.

Desde a madrugada, milhares de fiéis iniciaram a vigília na base aérea de Maquehue, depois de percorreram mais de três quilômetros a pé.

Envoltos em mantas, ou em sacos de dormir, com gorros e parcas para suportar o frio do sul do Chile, os peregrinos aguardavam por horas a missa que oficiará o papa Francisco, o segundo pontífice que visita esta cidade depois de João Paulo II em 1987.

"Acho que vale a pena o sacrifício, porque precisamos muito da mensagem que o Papa traz", declarou Jessica Pinto à AFP, após viajar mais de três horas para poder ver Francisco.

O papa Francisco inicia hoje sua visita a Temuco, o coração da terra dos mapuches, que esperam essa oportunidade para dar visibilidade à sua causa.

Francisco escolheu a cidade de Temuco (800 quilômetros ao sul de Santiago) para fazer contato direto com indígenas mapuches, a etnia mais importante do Chile, que denuncia discriminação e abusos e reivindica a restituição de territórios ancestrais hoje em mãos privadas.

A visita será curta.

O papa deixa Santiago rumo a Temuco, em La Araucanía, onde oficiará a chamada "missa da integração dos povos" na Base Aérea de Maquehue.

A expectativa é que reúna uma multidão tão grande quanto a de terça-feira (16) na capital, que teve um público de 400 mil pessoas.

Depois da liturgia, o pontífice deve se reunir com um grupo de indígenas, cujas identidades ainda não foram reveladas pela organização do encontro. Na sequência, volta para Santiago, onde se reunirá com jovens e visitará a Universidade Católica da capital.

"O programa da visita do Santo Padre reflete sua preocupação com uma zona que viveu tensões importantes, com a qual quer compartilhar uma mensagem de paz e para onde busca levar palavras de esperança que possibilitem o encontro entre as pessoas", disse recentemente o coordenador nacional da Comissão que organiza sua visita ao Chile, Fernando Ramos.

Parece ter-se propagado para La Araucanía a hostilidade contra a presença do papa por parte de grupos minoritários registrada em Santiago. Na madrugada passada, duas pequenas igrejas católicas foram atacadas em meio a um crescente clima de tensão pelas reivindicações de indígenas mapuches.

Em ataques simultâneos, as pequenas capelas situadas na periferia de Temuco ficaram completamente destruídas. Essas investidas se somam às sofridas por outras seis igrejas na capital com mensagens contrárias à visita do papa.

Os ataques incendiários são frequentes na região de La Araucanía. Nos últimos anos, foram mais de 100 atentados contra maquinário florestal e templos religiosos.

Antes da chegada dos conquistadores espanhóis no Chile, em 1541, os mapuches eram donos das terras que vão do rio Biobío a até cerca de 500 quilômetros mais ao sul.

Após sucessivos processos, os mapuches, que representam 7% da população, foram forçados a viver em pouco mais de 5% de seus antigos domínios.

Sem canais de negociação abertos, espera-se que a visita do papa à zona possa servir para aproximar posições nesse conflito de longa data.


AFP
Compartilhe:

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com